ENTREVISTA COM O ENGENHEIRO CIVIL RENATO HENRIQUE VILA-NOVA

Renato Henrique, Engenheiro Civil da Empresa Pernambuco Construtora

 

ENTREVISTA COM O ENGENHEIRO CIVIL RENATO HENRIQUE VILA-NOVA

NOME: Renato Henrique Vila-Nova

CARGO ATUAL NA CONSTRUÇÃO CIVIL: Gerente de custo e orçamento

QUANTO TEMPO ATUA NA ÁREA DA CONSTRUÇÃO CIVIL: 21 anos

QUAIS AS PRINCIPAIS TRANSFORMAÇÕES OCORRIDAS NA CONSTRUÇÃO CIVIL?

     “Nos últimos anos houve uma evolução nos sistemas construtivos, com o surgimento de novos materiais, conhecimentos e de novas tecnologias de construção. Foram criadas ferramentas de controle, planejamento e custo dos empreendimentos da construção civil, com isso há uma maior gestão sobre cada obra. Com a Copa do mundo em 2014  e a construção da Arena em São Loureço da Mata, a chegada da FIAT para a cidade de Goiana, entre outras obras aqui da região, como sendo grandes projetos, irão aumentar o número de trabalhadores e gerar também aumento da procura por emprego, sendo assim torna-se imprescindível e qualificação profissional.”

O QUE LEVA AO CRESCIMENTO DA CONSTRUÇÃO CIVIL NOS ÚLTIMOS TEMPOS?

  “O aumento do financiamento na economia brasileira, tanto em nível habitacional, como para as empresas, que contaram com uma política do governo de aumento de crédito, acelerou a economia e, por conseguinte a construção civil. O Programa Minha Casa, Minha Vida e a proximidade de dois grandes eventos esportivos no país, a Copa do Mundo e a Olímpiada, por exemplo são fatores que influenciaram o crescimento da Construção Civil.”

O QUE MUDOU NO MERCADO DE TRABALHO?

          “Com o avanço tecnológico, técnicas utilizadas há alguns anos atrás já estão sendo consideradas arcaicas, embora não se possa dizer que a tecnologia foi capaz de transformar toda a base do processo construtivo. Atualmente as empresas de construção civil estão executando empreendimentos com ênfase na questão da sustentabilidade ambiental, como é o caso, por exemplo, da construção do Shopping RioMar que faz o aproveitamento de muitos resíduos decorrentes da obra.”

HOUVE MUDANÇA NAS CARACTERÍSTICAS DOS PROFISSIONAIS DA CONSTRUÇÃO CIVIL?

     “Sim, houve. Um dos grandes desafios é encontrar profissionais que coordenem e conduzam suas obras, que quase sempre têm um orçamento apertado a ser seguido, assim como multas contratuais no caso de atraso na entrega. Essa tarefa não é simples.”

 O SENHOR CONSIDERA A MÃO DE OBRA DESQUALIFICADA UM DOS ENTRAVES PARA A CONSTRUÇÃO CIVIL BRASILEIRA?

     “Sim, a falta de profissionais qualificados torna-se um entrave para a Construção Civil. Diante desse quadro, cursos voltados para a capacitação de profissionais que pretendem ingressar no grande mercado da construção civil são vistos como uma boa oportunidade para mudar esses dados. Aqui na Empresa Pernambuco Construtora, há algum tempo já vem sendo realizados cursos de alfabetização de muitos profissionais. Podemos dizer que isso contribui de fato para uma melhoria da qualidade dos empreendimentos.”

 O QUE SE ESPERA DE UM PROFISSIONAL RECÉM-FORMADO?

    ” Que seja dinâmico, responsável, tenha interesse em adquirir novos conhecimentos e tenha um bom relacionamento com os profissionais da empresa.  ”

O QUE É MAIS IMPORTANTE EM UMA OBRA QUALIDADE OU PRODUTIVIDADE?

     “Ambos são importantes e estão relacionados entre si. Em uma obra de Construção Civil deve ser levado em conta tanto o fator de qualidade como o de produtividade.”

O QUE PODE SER FEITO PARA MELHORAR A QUALIDADE E A PRODUTIVIDADE NA CONSTRUÇÃO?

     “São vários fatores que devem ser levados em conta, mais os principais são: mão de obra qualificada e treinada, gerenciamento do controle da qualidade, organização da empresa, uma boa destinação para os resíduos decorrentes da obra, estar de acordo com as normas de segurança e saúde, entre outros. ”

ATUALMENTE É MAIS PROVEITOSO PARA UM PROFISSIONAL SER ESPECIALIZADO EM UMA ÁREA DA CONSTRUÇÃO CIVIL OU CONHECER UM POUCO DE CADA?

     “Com a demanda excessiva ocorreu uma escassez de profissionais especializados na construção civil em todos os níveis. As escolas de engenharia não conseguem formar profissionais suficientes para atender a necessidade do mercado de trabalho. Sendo de grande importância, hoje em dia a especialização para o profissional da área. Mas também é importante que o profissional entenda também um pouco de cada área, pois na Engenharia Civil essas muitas áreas também se complementam.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s